Cuidador infantil: saiba as principais vantagens de ter um

Trabalhar fora ao mesmo tempo que se é pai ou mãe pode se tornar um desafio, afinal, com quem deixar as crianças? Logo vem à mente a imagem da clássica babá, mas nem sempre as pessoas que se apresentam para preencher a vaga é alguém qualificado para o cargo. A solução está em contratar alguém que tenha o know-how em ser um cuidador de crianças. Parece exagero? Mas existem cursos para exercer essa função que pode trazer muitos benefícios para o desenvolvimento dos pequenos.

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Harvard, feita pelo Centro de Desenvolvimento Infantil da instituição, a presença de um cuidador qualificado ajuda no crescimento mental da criança por ela estar sendo exposta a novos comportamentos – maneiras diferentes de falar e gesticular, por exemplo.

Atenção personalizada

Talvez a principal vantagem de ter um cuidador de crianças que exerça bem sua função, é a atenção personalizada que o pequeno recebe, algo que não seria possível em uma creche.

Entendimento do psicológico infantil

Se possível, buscar por um profissional que tenha conhecimentos ou até mesmo formação em psicologia ou pedagogia, pois não haverá dificuldades na hora de lidar com situações emocionais da criança.

Vale lembrar que o cuidador será a companhia do cotidiano da criança enquanto os pais estão fora, conhecer e entender as evoluções durante a fase infantil é de suma importância.

Também existem cursos específicos para cuidadores infantis, contadores de história e musicalização infantil. Procure saber se a pessoa que pretende preencher a vaga de cuidador tem alguma dessas capacitações.

Praticidade para os pais

As vantagens de ter um cuidador alcançam também os pais da criança, já que os poupa de precisar levá-la a outro lugar, como creche, casa de parentes ou amigos próximos da família. Assim, os pais não só podem seguir com seu dia a dia sem a necessidade de parar em algum local antes de ir ao trabalho, mas o fazem com a tranquilidade de saber que a criança está sendo bem cuidada e se desenvolvendo.

Atuação direta na evolução da criança

O cuidador também é responsável por atividades lúdicas que ajudam no desenvolvimento motor e mental da criança, que passa a ter mais liberdade de movimento e a melhor interpretar diálogos, o que atua positivamente em seu vocabulário.

De olho no que a criança precisa

O bom profissional da área chega próximo de se tornar um membro da família, já que às necessidades básicas da criança também ficarão a cargo do cuidador. Alimentação, higiene, conforto e o zelo pela integridade física são apenas algumas de suas principais responsabilidades.

Outras funções do cuidador:

  • Primeiros socorros;
  • Promover atividades de entretenimento;
  • Acompanhar em passeios e consultas médicas;
  • Observar alterações no estado geral da criança.

Ter alguém com qualificação para passar boa parte do dia com seu filho não o afastará dos pais, pelo contrário.

Os sinais de que a função do cuidador infantil está sendo cumprida serão visíveis em na evolução cognitiva e motora do seu filho.