Problemas na coluna?

Todos sabemos que o envelhecimento é um processo natural da vida. Com sua chegada as pessoas começam a perder importantes capacidades funcionais, como o poder de equilíbrio, força muscular e resistência. Além dessa perda natural, muitos idosos não praticam nenhuma atividade física regularmente, culminando em falta de condicionamento físico adequado. Dessa maneira, torna-se relevante o percentual de pessoas da terceira idade com problemas de dores na coluna. Atividades simples do dia a dia ficam mais complicadas e, consequentemente, a qualidade de vida do idoso só piora.

Normalmente os problemas na coluna começam já juventude quando hábitos incorretos são adotados e acompanham o indivíduo durante toda vida. É na fase adulta que os processos degenerativos se instalam de maneira definitiva. As lesões passam a se manifestar com maior frequência e intensidade. Isso ocorre porque o decréscimo da força e resistência muscular, associado ao envelhecimento, acelera de maneira significativa os processos degenerativos da coluna vertebral. Doenças como artrose, protrusão discal e hérnia de disco, por exemplo, acabam se tornando frequentes nessa fase.

Sendo uma das principais, a hérnia de disco é consequência do desgaste das estruturas entre as vértebras. Assim, quando a estrutura se desloca, acaba comprimindo os nervos da região e causando dores e até incapacidades motoras. Quando não tratada, a hérnia de disco pode causar problemas ainda mais graves.

7 fatos sobre a hérnia de disco que você precisa conhecer:
• Apenas 6% dos casos necessitam de cirurgia;
• O tratamento com fisioterapia exige que seja individualizado, pois o atendimento coletivo, em que atendem a mais de um paciente ao mesmo tempo, não dá resultado.
• Os sintomas mais comuns são dores localizadas com ou sem irradiação para as pernas ou braços. O paciente também pode sentir formigamento ou dormência nos membros. Nos casos mais graves, pode haver a perda de força;
• Fatores hereditários são os que mais provocam a hérnia de disco. No entanto, a postura no dia a dia ou no esporte, a idade avançada e o sedentarismo também são motivos de dores nas costas;
• Não existe idade para a pessoa ter hérnia de disco, podendo acontecer em jovens, adultos ou idosos;
• A hérnia de disco consiste em 4 fases: Degeneração, Protrusão, Extrusão e Sequestrada;
• 5 milhões de brasileiros sofrem com a hérnia de disco.

Fatores que colocam a coluna em risco:
• Má postura no sentar e andar;
• Excessos na prática desportiva;
• Uso de salto alto;
• Enfraquecimento das estruturas ósseas provocadas pelo tempo e pela descalcificação;
• Excesso de peso;
• Aumento da barriga (que afeta a postura);
• Sobrecarga provocada, diariamente, por bolsas escolares;
• Transporte de objetos pesados;
• Forma de pisar e até problemas como o pé chato.

Nós da Amor e Cuidado – cuidador de pessoas, reiteramos que mascarar a dor não é a solução. Se a sua coluna já foi acometida por alguma doença, a principal medida agora é investir em um tratamento seguro, a partir de um diagnóstico preciso.